quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

que venha 2011






Com certeza, a liberdade e a poesia a gente aprende com as crianças.

Manuel de Barros


Que tenhamos a capacidade de aprender com as crianças, de enxergar a poesia que há em nossas vidas e de encontrar nossa liberdade no que fazemos, em quem amamos e no que somos! Feliz 2011 para tod@s nós!!!

terça-feira, 14 de dezembro de 2010

entrevista Michel Odent

Para quem se interessa por questões relacionadas ao parto e primeiro ano de vida do bebê (nada de primeiros cuidados, mas reflexões mais gerais), assista a essa entrevista que o pesquisador e médico francês (um dos maiores defensores do parto humanizado) deu a um canal português. A entrevista é em inglês, mas com legendas em português e está disponível no blog Rituais Maternos.

final de ano

Final de ano é sempre assim: essa sensação de que o ano passou rápido demais, muito calor, muita correria, enfim, é preciso se esforçar para tirar coisas boas desse clima pré-festas e de muito consumo. Nossa vida também anda corrida, tanto que nem tenho conseguido escrever muito por aqui. Mas ainda há o que contar (e mostrar, como viram nos posts mais abaixo). No início de dezembro viajei pela primeira vez a trabalho por mais de um dia (ou seja, indo e voltando no mesmo dia). Fiquei 2 dias e meio fora e tudo correu bem sem mim. Ele ficou com o pai e com os avós paternos e parece que só sentiu falta de mim ao beber o meu leite um dos dias antes de dormir. Não ficou doente (graças a Deus), nem choramingando. Na volta, ele quis mamar (ele tem 1 ano e 3 meses e continua mamando no peito antes de dormir). Logo que cheguei, mamou um tempão e dormiu direto, até o dia seguinte. Pra mim, foi difícil no primeiro dia, porque uma colega que estava no seminário levou a filhinha um pouco mais velha que o Tito. Aí fiquei com saudades mesmo. Mas nos outros dois dias, acho que consegui render bem, trabalhar, jantar e beber com os/as lamigos/as. Acabou sendo legal e estou mais confiante para voltar a fazer viagens de trabalho ano que vem.

Além disso, Tito está com uns dentões nascendo e isso deve estar gerando um certo sofrimento: tosse sem razão aparente, dente; febre sem razão aparente, dente; acorda no meio da noite pra mamar, dente. Enfim, amanhã é dia de voltar na pediatra, mas estes têm sido os últimos diagnósticos. Já fico de mal humor quando tenho afta na boca, nem consigo imaginar meu humor com quatro pré-molares nascendo ao mesmo tempo. Para terem uma idéia, até comida ele recusou dia desses (mas fiquem tranquilos, quando digo comida, digo uma parte pequena do prato)!

Mas a vida segue, com problemas no trabalho, correrias, planos para 2011 e não vendo a hora do recesso chegar! Junto com ele chega o dia em que começam as férias do Tito (depois de amanhã). Sim, ele está em uma escola, e não em uma creche, portanto ele tem um mês e meio de férias!!!! No recesso ficaremos com ele, depois Gustavo tira semanas de férias (e eu acho que conseguirei tirar pelo menos uma também) e no final das férias ele será distribuído entre as avós/ avôs. Assim, todo mundo ajuda, pois vamos precisar muito, mas não fica pesado para ninguém. Na programação: Natal em família, Ano Novo em Vraja e quem sabe uma ou outra viagem pra bem pertinho em janeiro. Veremos: dependerá do clima, da nossa disposição e dos dentinhos do Tito!

Tito no jongo

Nesse final de semana fizemos um programa diferente com o Tito: fomos a uma roda de jongo. Uma amiga querida (Mônica), que trabalha no  Pontão de Cultura do Jongo, nos chamou para a parte lúdica do encontro da rede de jongueiros, que foi na nova sede do Bola Preta, onde o Jongo da Serrinha organiza uma festa de jongo aos sábados à tarde de 15 em 15 dias. Enfrentamos o calor e lá fomos nós, encontrar os/as amigos/as e introduzir Tito a mais esta maniestação da cultura popular (mãe antropóloga dá nisso!). Ele chegou lá com sono (como vcs podem ver pela carinha dele nessa foto), mas depois de uma soneca no colo do papai,...
...dançou com a mamãe,...

...bateu tambor,...
...e no final estava que nem pinto no lixo!