terça-feira, 14 de dezembro de 2010

final de ano

Final de ano é sempre assim: essa sensação de que o ano passou rápido demais, muito calor, muita correria, enfim, é preciso se esforçar para tirar coisas boas desse clima pré-festas e de muito consumo. Nossa vida também anda corrida, tanto que nem tenho conseguido escrever muito por aqui. Mas ainda há o que contar (e mostrar, como viram nos posts mais abaixo). No início de dezembro viajei pela primeira vez a trabalho por mais de um dia (ou seja, indo e voltando no mesmo dia). Fiquei 2 dias e meio fora e tudo correu bem sem mim. Ele ficou com o pai e com os avós paternos e parece que só sentiu falta de mim ao beber o meu leite um dos dias antes de dormir. Não ficou doente (graças a Deus), nem choramingando. Na volta, ele quis mamar (ele tem 1 ano e 3 meses e continua mamando no peito antes de dormir). Logo que cheguei, mamou um tempão e dormiu direto, até o dia seguinte. Pra mim, foi difícil no primeiro dia, porque uma colega que estava no seminário levou a filhinha um pouco mais velha que o Tito. Aí fiquei com saudades mesmo. Mas nos outros dois dias, acho que consegui render bem, trabalhar, jantar e beber com os/as lamigos/as. Acabou sendo legal e estou mais confiante para voltar a fazer viagens de trabalho ano que vem.

Além disso, Tito está com uns dentões nascendo e isso deve estar gerando um certo sofrimento: tosse sem razão aparente, dente; febre sem razão aparente, dente; acorda no meio da noite pra mamar, dente. Enfim, amanhã é dia de voltar na pediatra, mas estes têm sido os últimos diagnósticos. Já fico de mal humor quando tenho afta na boca, nem consigo imaginar meu humor com quatro pré-molares nascendo ao mesmo tempo. Para terem uma idéia, até comida ele recusou dia desses (mas fiquem tranquilos, quando digo comida, digo uma parte pequena do prato)!

Mas a vida segue, com problemas no trabalho, correrias, planos para 2011 e não vendo a hora do recesso chegar! Junto com ele chega o dia em que começam as férias do Tito (depois de amanhã). Sim, ele está em uma escola, e não em uma creche, portanto ele tem um mês e meio de férias!!!! No recesso ficaremos com ele, depois Gustavo tira semanas de férias (e eu acho que conseguirei tirar pelo menos uma também) e no final das férias ele será distribuído entre as avós/ avôs. Assim, todo mundo ajuda, pois vamos precisar muito, mas não fica pesado para ninguém. Na programação: Natal em família, Ano Novo em Vraja e quem sabe uma ou outra viagem pra bem pertinho em janeiro. Veremos: dependerá do clima, da nossa disposição e dos dentinhos do Tito!

Nenhum comentário:

Postar um comentário